Criação de emas é alternativa rentável
 
A criação da ema pode ser uma excelente opção de negócio agropecuário.
Mais adaptada às condições nacionais, a ema é bem mais produtiva e, por
ser de porte menor, é mais afável, sendo considerada por muitos criadores
melhor que o avestruz para ser mantida num sítio, fazenda ou casa de
campo. Segundo a Associação Brasileira de Criadores de Ema (Abrace),
muitos criadores de avestruz migraram para a criação de emas por todas as
facilidades de manejo e baixo custo na criação. Atualmente existem cerca
de 50 grandes criatórios e 200 pequenos em todo o País, ambos com
finalidade de abate.
Segundo Eduardo Mascarenhas, criador de emas desde 2003, na Fazenda das
Emas, em Paraopeba, em Minas Gerais, a criação comercial de emas vem
crescendo no País como uma alternativa econômica rentável. Um plantel de
dez casais pode garantir o aproveitamento de 50% a 60% das emas,
dependendo de cada criatório. O investimento inicial, se você for começar
a criação com 10 animais adultos, por exemplo, é de cerca de R$ 26 mil e o
retorno é de 30 meses. Cada animal de 40 quilos rende 20 quilos de
carcaça, além de gordura, couro e penas.
Fábio Hosken, zootecnista responsável pelo criatório da Fazenda das Emas,
afirma que tudo se aproveita. A gordura é utilizada pela indústria
farmacêutica, cosmética e mecânica de alta precisão, o couro serve para
fazer bolsas, sapatos e carteiras muito bem vistos no mercado
internacional, assim como a carne, que  é vendida a US$17,5 o quilo. "É um
bom negócio, está em franca expansão e tem mercado garantido. A ave pegou
carona na criação de avestruz e tem produtos diferenciados, porém tão
nobres quanto os de avestruz. Além disso, é um recurso genético da nossa
fauna".
Na opinião de Eduardo, o ideal para criação é uma colônia de seis fêmeas e quatro
machos, com idade mínima de 24 meses, quando atingem a maturidade sexual. As
fêmeas colocam entre 20 e 25 ovos por período e a tarefa de chocar os ovos e
criar os filhotes cabe aos machos. Uma das diferenças entre a criação de emas e
avestruz é que as emas incubam naturalmente os ovos, enquanto que o avestruz não
tem essa capacidade no cativeiro, sendo necessária a incubação artificial, o que
exige um investimento maior por parte do criador.
Em cativeiro, um bom macho incuba duas vezes por ano, se os filhotes
forem retirados ainda pequenos. Os ovos também podem ser levados para
uma incubadora, o que motiva a fêmea a aumentar a postura. A ema
cresce depressa, não se estressa com a presença humana e cresce até
1,5 metro de altura quando pesa cerca de 40 quilos. Uma outra vantagem
da criação de emas, é que por ser um animal nativo, pode-se
alimenta-la com frutos, legumes, verduras, produzidos na própria
fazenda, como o pequi e a abóbora, por exemplo. O que reduz os custos
de produção, já que a ração tem um preço alto e representa a maior
parte do custo de produção, completa Hosken.
Além de produzir couro de alta qualidade, carne, penas e ovos, a ema
também se mostra um ótimo animal de estimação, tanto é que muitas
pessoas, encantadas com a elegância do animal, as criam em casas de
campo ou chácaras, tornando o ambiente mais divertido, bonito e livre
de cobras e escorpiões, já que esses bichos são alguns dos pratos
prediletos das emas.
"Como animal de estimação ou como negócio a verdade é uma só: a criação de emas é
muito importante no Brasil, porque em certos estados a ave está quase extinta na
natureza e sua preservação depende da criação em cativeiro", conclui Fábio.
É bom lembrar para quem quiser investir num plantel de emas, que o criatório deve
ter registro de criador no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos
Naturais Renováveis (Ibama), segundo portaria 118/1997, por ser um animal
silvestre. Para conseguir a autorização, deve-se encaminhar projeto assinado por
um responsável técnico pelo criatório, que pode ser biólogo, veterinário, agrônomo
ou zootecnista, além de anexar documentos.

Realização - Carlini Assessoria e Comunicação Especializada
www.campoecriacao.com.br - e-mail: campoecriacao@campoecriacao.com.br
Rua Herval, 266/1301| Serra - Belo Horizonte | MG | CEP 30 240 010 (31) 9959 6507 | (31) 3047 7616
Site Desenvolvido por: NetSol - Todos os direitos reservados.